Dicas e Notícias

O que eu preciso saber antes de comprar meu primeiro apê?

12/11/2019

Comprar o primeiro imóvel é um grande passo da vida. Seja para sair da casa dos pais, do aluguel ou para iniciar uma nova família, a aquisição de um apartamento envolve a realização e a conquista de um sonho.

Para os jovens a casa própria significa ter mais liberdade e responsabilidade, aos adultos, isso pode também significar a construção de um novo lar e/ou um bom negócio.

E se você está pensando em comprar o seu primeiro apartamento, continue a leitura e confira o que você precisa saber para ter o contrato assinado, as chaves na mão e uma negociação sem dores de cabeça.

Poupe desde cedo

Se você já tem uma reserva guardada, ótimo. Mas se ainda não, comece a economizar a partir de agora.

Um hábito essencial para finanças é pensar a longo prazo e analisar os seus rendimentos com frequência, principalmente quando envolve a aquisição de um bem de maior valor. Tenha muito bem definido:

  •  sua renda mensal e anual: salário e todas as fontes de lucros;
  •  valor médio das contas e gastos essenciais: luz, água, comida, transporte e afins;
  •  valor médio dos gastos supérfluos: jantares, lazer, viagens, hobbies, etc.

A partir dessa análise é possível cortar gastos, poupar mais e fazer um plano de depósito mensal para alcançar um valor estipulado para o pagamento da entrada, por exemplo.

Imóvel pronto ou em construção

Essa é uma das grandes dúvidas de quem está comprando um apartamento. 

A nossa dica é pesquisar e fazer uma lista com os prós e contras de cada possibilidade. A partir dessa tarefa fica mais fácil mensurar quais são as prioridades, as condições financeiras e qual imóvel é o mais indicado na atual fase de sua vida.

Vale considerar que apartamentos em construção, os conhecidos imóveis na planta, costumam ter valores bem atrativos.

Pesquisar nunca é demais

Pesquise e estude tudo o que puder sobre empreendimentos, desde os processos de como tirar a documentação, taxas, impostos, à artigos na internet.

Quando decidir por um apartamento, não se esqueça de conhecer os antecedentes da construtora responsável pelo projeto, procure saber sobre procedência e reputação, imóveis realizados anteriormente, tempo de mercado e o que diz quem já efetuou negócio com ela.

Priorize o planejamento e se mantenha nele

Um dos processos mais importantes é o planejamento. Isso porque, a organização permite você ser fiel aos objetivos iniciais, evita a procrastinação de tarefas e auxilia na visualização das suas finanças a longo prazo.

A dica da vez é colocar tudo às claras. Fazer listas é uma boa ideia, assim você pode analisar e fazer um check-list dos temas:

  • localização preferencial;
  • que você quer ou não no imóvel;
  • plano de finanças;
  • prioridades de tarefas;
  • documentação necessária;
  • e o que mais achar necessário.

Faça uma análise dos imóveis

Sempre faça visitas aos potenciais apartamentos e leve o tempo que precisar para notar e anotar cada detalhe, como:

  • vagas de garagem;
  • quantidade de quartos;
  • quantidade de banheiros;
  • necessidade de adequações;
  • distribuição e tamanho dos ambientes;
  • e diferenciais do projeto.

E considere outros fatores à parte como localização, estrutura, áreas de lazer, segurança e vizinhança.

Em caso de imóveis na planta ou em construção os empreendimentos normalmente disponibilizam proposta dos mesmos, aproveite a oportunidade de visitar os apartamentos decorados.

Considere a sustentabilidade e tecnologia como aliadas

Algumas empresas já estão implementando, em empreendimentos e condomínios equipamentos para preservar o meio ambiente, como:

  • sistemas de reaproveitamento de águas pluviais e dreno do ar condicionado;
  • painéis de captação de energia solar e o máximo de aproveitamento da luz natural;
  • torneiras com temporizador nas áreas comuns;
  • sensores de presença e luminárias de LED nas áreas comuns;
  • e gás natural, coleta seletiva e portas com madeira certificada.

Esses diferenciais, além de ajudar o planeta também podem contribuir para a diminuição do valor nas contas mensais de água e energia, por exemplo.

Vale pensar bem no pagamento da entrada

Independente do valor, quando se dá uma maior entrada, as parcelas do pagamento do imóvel diminuem e consequentemente os juros e possíveis imprevistos que poderiam prejudicar as suas finanças, também.

Para não entrar em dívidas, lembre-se de considerar a decoração, mobília e custo de vida do novo apartamento antes de efetivar o seu negócio, esse custo também precisa estar previsto.

Se for financiar...

Essa é a hora de colocar em prática o seu poder de negociação. Converse com o seu corretor e o gerente do seu banco sobre as propostas, formas de pagamento e onde são aceitos programas de financiamento.

Antes de assinar o contrato, coloque na balança o valor dos juros e a idoneidade da instituição financeira, além de marcar uma conversa com os responsáveis para tirar todas as suas dúvidas. Vale fazer uma cotação pelas diversas empresas de financiamento.

Na procura pelo imóvel ideal, lembre-se de pensar com calma, fazer comparações e se planejar para os pagamentos. Assim, você poderá fazer melhores escolhas e tomar a decisão certa para um dos investimentos mais importantes da sua vida.

Se quiser esclarecer outras dúvidas sobre a compra do seu primeiro apartamento, entre em contato conosco e obtenha mais dicas de investimento e também conheça com exclusividade nossas opções de empreendimentos.